VIVER É MAIS QUE SONHAR, E AMAR ESTÁ ALÉM DOS SONHOS!!! SEJAM BEM VINDOS!

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A DOR QUE DÓI MAIS (Martha Medeiros)


Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói.

Um tapa, um soco, um pontapé, dóem.

Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim.

Mas o que mais dói é a saudade.

Saudade de um irmão que mora longe.

Saudade de uma cachoeira da infância.

Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais.

Saudade do pai que já morreu.

Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu.

Saudade de uma cidade.

Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos.

Dóem essas saudades todas.

Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama.

Saudade da pele, do cheiro, dos beijos.

Saudade da presença, e até da ausência consentida.

Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá.

Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde.

Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã.

Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber.

Não saber mais se ele continua se gripando no inverno.

Não saber mais se ela continua clareando o cabelo.

Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu.

Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu.

Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber.

Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos,

não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento,

não saber como frear as lágrimas diante de uma música,

não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber.

Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz,

se ele está mais magro, se ela está mais bela.

Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

ME DEIXA ENTRAR ( Germana Facundo)


Não me deixa passar em tua vida como se eu nunca tivesse entrado nela.
Não me deixa num canto sozinha,
como uma lembrança remota e amarela.
Me deixa entrar no meu lugar,
deixa eu me aconchegar dentro do teu peito
Prometo fazer meu trabalho direito e te amar em total sossêgo.
Me deixa te amar com tudo o que tenho dentro de mim e me ama com toda a intensidade que você possuir. Eu quero viver tudo o que há para nós sem medo e sem culpa de ser feliz.
Não me deixa passar para sempre, ainda há o presente, ainda dá tempo
Eu tenho um profundo amor por você.
Deixa-me mostrá-lo com o que há de mais intenso.
Aceita-me, diga sim, diga que quer estou só esperando você assentir.
Quero-te por inteiro, pois só me entrego por inteira.
Não sei ser metade, nem tampouco fingir.
Ama-me como jamais amaste outra e acarinha-me os anéis de meus cabelos negros e beija-me como só tu sabes fazer.
E guarda em teu coração o nosso segredo.
Vou ficar te esperando, te desejando!
Não me deixa então passar em branco
Vem de uma vez que já não estou aguentando
Tanta saudade! tanto amor e tanto sonho!!

terça-feira, 19 de agosto de 2008

"SAUDADE É SOLIDÃO ACOMPANHADA (Pablo Neruda)

...é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já...


Saudade é amar um passado que ainda não passou,

é recusar um presente que nos machuca,

é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade,


aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir


saudades,

passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos

é nunca ter sofrido..."

domingo, 17 de agosto de 2008

HÁ SEMPRE ALGUÉM ( Autor desconhecido)



O mundo inteiro está cheio de pessoas. Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude

vencer a timidez.
Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes que precisam de alguém que as faça pensar na melhor maneira de usarem a sua força.
Há pessoas habilidosas que precisam de alguém para ajudar a descobrir a melhor maneira de usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam que não sabem fazer nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.
Há pessoas apressadas que precisam de alguém para lhes mostrar tudo o que não tem tempo para ver.
Há pessoas impulsivas que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem de fora e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.
Há pessoas que dizem que não servem para nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são importantes. Precisam de alguém...
Talvez de ti ...

ENVELHEÇO (Autor desconhecido)


Envelheço quando me fecho para as novas idéias e me torno radical.

Envelheço quando o novo me assusta e minha mente insiste em não aceitar.

Envelheço quando me torno impaciente, intransigente e não consigo dialogar.

Envelheço quando meu pensamento abandona sua casa e retorna sem nada a acrescentar.
Envelheço quando muito me preocupo e depois me culpo porque não tinha tantos motivos para me preocupar.

Envelheço quando penso demasiadamente em mim mesmo e conseqüentemente me esqueço dos outros.

Envelheço quando penso em ousar e já antevejo o preço que terei que pagar pelo ato, mesmo que os fatos insistam em me contrariar.

Envelheço quando tenho a chance de amar e deixo o coração que se põe a pensar: Será que vale a pena correr o risco de me dar? Será que vai compensar?

Envelheço quando permito que o cansaço e o desalento tomem conta da minha alma que se põe a lamentar.

Envelheço, enfim, quando paro de lutar!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

O QUE É A FELICIDADE? (Autor desconhecido)


A felicidade está muito perto da gente.


Ela está tão perto, mas não a percebemos.


Está...No olhar de uma criança,


Num simples abraço,


Numa palavra de carinho,


Na luz do sol,

No vento que anuncia a chuva,


Nas flores, nos pássaros


No céu, na lua e nas estrelas...


A felicidade esta em todo lugar.


Mas somos cegos, surdos e mudos


E por isso não conseguimos percebê-la.


Queremos "tocar" a "Dona Felicidade".


Mas ela é intocável


Só é sentida lá dentro do coração...


Devemos abrir todos os nossos sentidos...


Deixá-los livres para perceberem os mínimos detalhes do dia-a-dia.


Tente!


Passe um dia só, percebendo e sentindo seus"Pedacinhos de Felicidades".


Ao final do dia,você irá descobrir que não precisa muito para ser feliz.


Basta juntar os pequenos momentos para que se tornem grandes.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

APENAS..... (by Dibruck)


Para me ver sorrindo...apenas sorria,

apenas me olhe, apenas me sinta,

apenas lembre-se de mim,

apenas exista.


Para me ver amando... apenas me ame,

apenas me chame,

apenas me queira,

apenas me beije

e apenas lembre-se que te amo...


Para me ver feliz... apenas venha,

apenas me abrace,

apenas me tenha,apenas me enlace

e apenas não me esqueça.

QUANDO PENSO EM VOCÊ... (Autor desconhecido)


Quando penso em você me sinto flutuar, me sinto alcançar as nuvens, tocar as estrelas,
morar no céu...
Tento apenas superar a imensa saudade que me arrasa o coração, mas, que vem junto com as doces lembranças do teu ser.
Lembrando dos momentos em que juntos nosso amor se conjugava em uma só pessoa, nós ...
É através desse tal sentimento, a saudade, que sobrevivo quando estou longe de você.

Ela é o alimento do amor que encontra-se distante...
A delicadeza de tuas palavras contrasta com a imensidão do teu sentimento.

Meu ciúme se abranda com tuas juras e promessas de amor eterno.
A longa distância apenas serve para unir o nosso amor.

A saudade serve para me dar a absoluta certeza de que ficaremos para sempre unidos...
É nesse momento de saudade, quando penso em você, quando tudo está machucando o meu coração e acho que não tenho mais forças para continuar; eis que surge tua doce presença, com o esplendor de um anjo; e me envolvendo como uma suave brisa aconchegante...
Tudo isso acontece porque amo e penso em você...

VOLÚPIA Clarice( Patativa )

O universo explode em energia e expressa toda minha alegria; sua delicadeza me envolve e eu devolvo em carinhos; seus beijos me enlouquecem me aquecem, como brasas ardentes; seus braços me prendem ao seu peito, pulsando nossos corações ao mesmo tempo, num ritmo frenético de desejo e amor.
Nosso cheiro se mistura no ar, inebriando nossas almas;
nossos seres se unem num só corpo, e todo universo à nossa volta, em festa, despejando suas bênçãos
sobre nós.